quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

AMANDA GURGEL NA BAND NATAL? O INÍCIO DA REVOLUÇÃO (SIC) ?

Se já tivemos Miguel Weber, Paulo Wagner e Luiz Almir, que catapultaram sua projeção política, a partir de programas de tevês, de qualidade duvidosa, mas de grande alcance entre o populacho, agora veremos, em breve mais uma figura que buscará essa projeção.

Foi anunciado, com toda pompa, que a professora Amanda Gurgel (PSTU), terá, a seu dispor, um programa na TV Band Natal[1], que deverá ir ao ar agora em março no repaginado RN Urgente.

Band, Amanda e PSTU : namoro na tevê.
O convite, obviamente pautado no mais impuro apego ao lucro, dado que a TV Band Natal é uma empresa capitalista, a soldo do imperialismo ianque, fisgou a musa da extrema-esquerda natalense, eleita com sensacionais 32.819 votos, que acabou arrastando Sandro Pimentel e “Marcos do PSOL”, que, dessa forma, fazem barulho com a chamada “bancada de esquerda”, na Câmara Municipal de Natal.

O convite já foi aceito e a musa extremista terá todo o aparato tecnológico da “escória burguesa” à sua disposição e muito provavelmente irá ter que se adaptar aos ritos do sistema que, diz ela, é o mal da humanidade, leia-se capitalismo. 

Talvez o “aceite” tenha se pautado numa frase atribuída a um “verme revisionista” chinês, odiado pela extrema-esquerda, DengXiaoping, que teria dito “não importa a cor do gato desde que pegue o rato”. E lá se vai o PSTU usar a TV Band Natal para pregar o evangelho da revolução. Alguns mais céticos tem dito, entretanto, que os “vermes capitalistas” utilizarão a nobre revolucionária para engordar seus bolsos. Simples.

Agora os telespectadores poderão se deliciar com a fraseologia pseudo-revolucionária da bela professorinha e ver, in loco, as idéias anacrônicas e ultrapassadas do exército do final dos tempos, financiada, é bem verdade, pela podridão capitalista.

Olhando para o velho Marx, é muito interessante verificar que os anjos da Revolução, afinal de contas, são não tão revolucionários assim, embora a fantasia sirva para uma classe média inculta e metida a besta.

[1] http://www.band.uol.com.br/tv/natal/noticias.asp?id=100000576807

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Por Wellington Duarte. Tecnologia do Blogger.

Tema Original do WordPress. Adaptado por Lissiany Oliveira.